segunda-feira, 3 de março de 2014

Livros de Artista - LOVE!

livro de artista por Shannon Tofts


ADORO livros de artista!

Já falei de Sophie Calle que mistura escrita com foto e alguns outros media, produzindo uma narrativa pessoal ou não que nos cativa e envolve, sem poder deixar de passar as páginas até ao fim.

Teching Hsieh que faz performances de um ano, submetendo-se a provas e situações que puxam a sua consciência para o agora, o momento presente, e nos fazem questionar e avaliar certos paradigmas da vida em justaposição com o resultado das suas experiências.

Hoje resolvi publicar alguma informação, imagens e links que achei interessantes enquanto lia pela net sobre esse tema.

Brian Dettmer trabalha com livros usados. Criativo e intuitivo, abre um livro e deixa que este fale consigo, deixa-se levar por essa relação que cria com o objecto que é o livro e o resultado é sempre muito diferente, mas sempre fantástico!




O San Francisco // Berlin é um livro de artista que usa a transparência como interesse visual e foi transcrito em formato digital, em que o próprio utilizador controla nas caixas de selecção as sobreposições de transparências que vai ver.

A biblioteca da Fundação Serralves possui uma colecção de livros de artista até bastante expressiva, planeio visitar futuramente.

E finalmente a Papershaper 2009 onde todo um mundo de artistas celebra o papel e o usa para fazer trabalhos que nos deixam de boca aberta!!!





Isabel Baraona é para mim a artista mais sonante e que melhor conheço na área do livro de artista. Apreciem as fotos do site, os trabalhos são excelentes!

livro alterado por Susan Hoerth
Gosto muito também do tema livros alterados, há aqueles em que apenas o livro é pintado ou desenhado por cima do seu antigo conteúdo, dando uma nova vida a uma livro; há por outro lado os que são feitos com recortes, montagens, estruturas, transformando um livro numa escultura.
O precesso passa muitas vezes por arrancar algumas páginas, colar outras juntas para lhes dar mais estrutura, e depois aí há uma liberdade total, desde pintura, colagem, recorte, utilização ou não de imagens originais do livro até chegar a uma autêntica e original obra de arte.

Para quem está a começar, deixo a mensagem: vale tudo! Não te prendas a tutoriais, usa a tua imaginação e criatividade, faz um trabalho que seja fruto da tua personalidade, da tua experiência e maneira de ver a vida, é aí que está o valor.

Quanto a mim, sou grande apreciadora de quase todo o tipo de livros de artista desde que envolvam trabalho artístico de facto. Tenho um projecto em curso na área, mas ainda está no segredo dos deuses! Quando este meu trabalho estiver mais avançado publicarei fotos.

Obrigada inspiration green, obrigada youtube!

Sem comentários:

Enviar um comentário