segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Yoga Clássico de Patanjali - um caminho de oito passos

Patanjali esquematiza a prática de Yoga por oito partes de um caminho, que nos guiam até aos dias de hoje, conduzindo a nossa prática para aquilo que é o Yoga, e afastando-nos das adaptações e miscelâneas de técnicas para outros propósitos, ainda que possam basear-se nas técnicas de Yoga, mas que não são Yoga.

Yamas e Niyamas - Princípios éticos do Yoga que têm o dom de nos alinhar com o mundo, tornando-nos seres em paz connosco próprios, com a família, e comunidade. São eles: Ahimsa, Satya, Asteya, Brahmacharya, Aparigraha, Saucha, Santosha, Tapas, Swadhyaya e Ishvarapranidana.


Ásana - Posições dinâmicas de actuação psicofísica, ajudam o corpo a manter-se forte, flexível, e relaxado. A sua prática fortalece o sistema nervoso e refina a nossa auto-percepção.

Pranayama - técnicas de respiração, prática que nos sincronizam com o prana, a energia vital.


Pratyahara - a abstração dos sentidos, a técnica de desviar os nossos sentidos para o interior e para o silêncio, em vez de para o exterior e para os estímulos, como habitualmente.

Dharana - concentração, foco da atenção num só ponto (ekagrata - o objecto da minha concentração) e desenvolvimento da consciência.

Dhyana - meditação consciente do acto de contemplação e no objecto de meditação

Samadhi - hiperconsciência. Controlo completo das funções da consciência, que resulta em vários graus de entendimento e percepção. Moksha, libertação do ciclo do renascimento e da morte e de todas as coisas da vida mundana.

O yoga convida-nos a uma prática onde o corpo é utilizado como o veículo através do qual a mente ultrapassará os obstáculos, antagonizando-se com outros tipos de práticas que nos levam a crer que o corpo deve ser descartado e apenas a mente cultivada.

A prática de yoga é a via de aprendizagem através da vivência, afinal, como poderia por exemplo a tua mente aprender a persistência sem a praticar? E serias persistente se à primeira tentativa desistes de um determinado exercício que fazes com o corpo?

Para um melhor entendimento e documentação deste artigo, disponibilizo o Yoga Sutra de Patanjali.




Namasté!

Sem comentários:

Enviar um comentário