quarta-feira, 18 de setembro de 2013

5 minutos a escangalhar! Libera-te!

Vives no presente, às vezes preso ao passado, fazendo contabilidades das tuas anteriores acções e dando créditos ou retirando conforme o que agora és ou fazes ou pensas.

O minuto anterior a este já é passado, impossível de resgatar e fácil de sobrevalorizar, e assim te deixas ir andando, levado pelos minutos de outrora e sem olhar de olhos bem abertos para o tempo que tens agora, no momento presente, à tua disposição.

E a minha proposta para hoje é LIBERA-TE! Toma a liberdade de esquecer o que já foste, o que deixaste de ser, e conta a partir deste preciso momento o minuto número um, o primeiro minuto em que és o que és, sem olhar a nada mais.

Se há coisa que não deves adiar é o teu ser, a tua necessidade de manifestar o que és, o que gostas e o que de melhor sabes fazer. O mundo precisa de ti como tu és, e não de uma aproximação ao que poderias ser se pensasses apenas em satisfazer superficialmente os outros.

O mundo precisa de pessoas que fazem, que criam, que inventam e têm ideias e não de autómatos que cumprem horários e fazem tarefas sem sentido.

E se por acaso o teu trabalho não te faz muito sentido, procura a tua motivação, o teu projecto, algo que possas colocar em prática em simultâneo com o trabalho que já tens, dá um sentido à tua vida agora, não deixes para depois!

Aproveita este preciso minuto!


Nem queiras saber o que já se disse por aqui nesta rubrica! Mas já que insistes... 5 minutos a escangalhar!

Sem comentários:

Enviar um comentário