quarta-feira, 3 de abril de 2013

5 minutos a escangalhar! A rubrica anti procrastinação que parte tudo! Mais tempo = mais produtividade, ou não?

Quantas vezes já te entusiasmaste com um novo projecto ou um novo talento e acreditaste que se te dedicasses mais tempo serias melhor?

Quantas vezes já quiseste deixar tudo e seguir apenas aquela vocação, fazer de ti um especialista hiper focado e dedicado?

Muitas vezes já dei  por mim a ter este tipo de pensamento e a analisar como seria, o que poderia fazer que agora não posso, como iria ser.


Após análise a conclusão não deixa de ser fascinante:
Acho que fazia o mesmo que agora!

Ia deixar de acordar às seis da manhã, ia mais vezes ao café, estava mais com amigos, via televisão e (re) organizava mais vezes a minha mobília e a minha casa. Mas trabalhar mais nos meus projectos pessoais? A atenção é uma coisa muito limitada; e gourmet! Experimenta dar-lhe todos os dias o mesmo e é vê-la a cuspir-se toda, enervar-se, desgostar-se do que antes era mais que genial e querer outra coisa que não tem nada a ver.

E todos os hábitos que enumerei aqui são saudáveis, não é isso que eu estou a dizer, apenas que dedicar todo o nosso tempo a algo, por muito bom que pareça, pode acabar por ser esgotante. Por outro lado, tempo limitado é uma mais-valia: se tu sabes que só tens 30 minutos, vão ser os mais bem aproveitados da tua vida, se tens duas horas fazes tudo nas calmas.

Até nas relações se consegue observar isto, se sabes que tens tempo limitado com alguém vives tudo intensamente. Se pensas que essa pessoa ficará lá muito tempo deixas para amanhã, não falas do que é importante, não dizes coisas bonitas, falas da rotina sem olhar nos olhos e perdes o sentido e o valor das coisas.

Daí que os teus projectos podem ser pequenos prazeres, e ainda assim ser excelentes. Podes dedicar-te a algo teu, de tua própria e original criação ainda assim partilhando o teu tempo com um emprego a tempo inteiro ou part-time.

Muitos artistas conhecidos tinham um emprego a tempo inteiro que não tinha nada a ver, tipo médicos, carteiros, etc

Ter um trabalho a tempo inteiro dá-te a estrutura e organização para cumprir prazos e ser organizado nos teus projectos pessoais. Aprendes todos os dias, garantidamente.


Convives e vês pessoas sem ter que procurar, fazes amigos se quiseres. Ganhas novos talentos de comunicação que bem te fazem falta em todas as áreas da vida. Treinas paciência, tolerância e capacidade de encaixe. Pões para trás orgulho e sentimentos de superioridade.

Ter apenas 30 minutos por dias para os teus projectos artísticos deixa-te com cerca de 2h30 por semana, 10h por mês. De certeza que consegues encaixar alguma coisa!

Não uses o teu trabalho como desculpa para não ser alguém mais realizado, que faz aquilo que gosta, tu sabes que és capaz de o fazer.


Mas nada como experimentar. Se o que fazes actualmente não te agrada, experimenta! Se já experimentaste, partilha connosco :)

Lê todas as rubricas anti procrastinação 5 minutos a escangalhar!

Sem comentários:

Enviar um comentário