quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

5 Minutos a Escangalhar! - A rubrica anti procrastinação por excelência! Se não tiveres um plano para ti, alguém vai ter!

Jim Rohn e eu teríamos tudo para ser amigos do coração, as nossas opiniões tocam-se a todos os níveis, e ele dizia mais ou menos assim:

Se não traçares o teu plano de vida, é provável que caias no plano de alguém. E adivinha o que têm planeado para ti? Nada de jeito!

If you don't design your own life plan, chances are you'll fall into someone else's plan. And guess what they have planned for you? Not much. 
Jim Rohn 

Quantos projectos fazes por semana, ou por dia, que parecem geniais e pensas: 'eia era mesmo fixe conseguir fazer aquilo, se eu conseguisse...' (substitui os três pontinhos pelo que acontecia se conseguisses).

Entretanto, cais na vidinha, o teu gato engole o pássaro de atravessado e vai parar ao veterinário, nem sabes se tens mais pena do pássaro ou do gato! O tio da prima do cunhado do teu melhor amigo tem uma conjuntivite e lá vais tu às quatro da tarde comprar gotas para os olhos.

Porquê? Porque as pessoas tendem a pensar que os artistas não fazem nada, que estão disponíveis a toda a hora. E pior: estão mesmo!

Temos esta triste mania de estar lá para os outros em todos os momentos, porque ajudar nos faz sentir necessários, úteis, apoiados. E tudo isto tem um valor incalculável. Mas tem de haver um limite, e esse limite tem de ser estabelecido por ti.

Encontrar o equilíbrio pode ser difícil. Há-de haver quem sinta que já não estás lá. Que pôde contar contigo e agora já não pode... Claro que pode!

Mas quem consegue ser um bom amigo, enfermeiro provisório, apaga-fogos e acalma-dramas se não se sente bem consigo próprio, quem pode ajudar quando precisa para si próprio de ajuda?


Então temos que resolver isso! Quais foram as tuas resoluções para 2013? Onde queres chegar com o teu trabalho? Quais os projectos que gostarias de realizar este mês? O próximo? Escreve tudo e afixa num local visível, planeia em termos de tempo, orçamento e recursos, tudo o que necessitas.

Mostra este plano aos que te são mais queridos e próximos. Mostra-lhes também como planeias ter tempo para eles. Entrega-te nesse tempo, tanto à concretização do teu trabalho, como ao tempo com a família, amigos e próximos. Afinal, é necessário não negligenciar e manter o equilíbrio; não queiras subtrair de um lado para ter mais do outro, não funciona assim.

Cria uma lista de tarefas diárias e começa por aí todos os dias. Assim, depois de tudo feito terás tempo livre como recompensa, sem ter o processador ocupado com tudo o que ainda falta fazer. Não faças mais do que o que está planeado para esse dia. Descansar também é importante e ter uma hora marcada para parar é mais produtivo do que trabalhar como se não houvesse amanhã!

Gere a tua vida como se tivesses um horário de trabalho, mesmo que não tenhas. Se conjugas um trabalho em full time com uma actividade artística compromete algum tempo por dia à realização dos teus projectos, uma hora por dia, por exemplo.

E lembra-te, se não decidires por ti, alguém decidirá.


Como diz a música Knights of cydonia de Muse, Don't waste your time or time will waste you!

 


Lê todas as rubricas anti procrastinação 5 minutos a escangalhar! Sempre à quarta!

Sem comentários:

Enviar um comentário