domingo, 20 de janeiro de 2013

Falta de ideias! - Mais inspiração para Diários Gráficos

Comecei a fazer um Diário Gráfico para aprender a desenhar, há quem o faça por outras razões, como estimular a criatividade, passar o tempo, pode haver uma infinidade de razões. No meu caso é uma maneira de desenhar regularmente e melhorar essa capacidade.

Não lhe devia chamar Diário porque não é de todos os dias, mas sim, todos os dias desenho, embora nem todos nesse dito caderno.

Quando comecei tinha falta de ideias. Quando começas a desenhar tudo é novo, uma mesa com quatro pernas pode ser desafio para uma tarde inteira, e por essa razão, propor-me a desenhar a minha cozinha implicava ter um mês de férias! As coisas simples, por outro lado, nem sempre cativavam a minha atenção e dava por mim muitas vezes a olhar para a folha de papel em branco.

Tive uma ideia: um animal.
Ok, arranjas uma foto, ou o animal verdadeiro, desenhas e pronto!

Nah!
Muito mais do que isso!

Escolhe um animal.

Arranja recursos, fotos, desenhos de outros artistas, cartoons, ilustração científica, de todas as perspectivas, de frente de lado, de costas, muito longe, muito perto, a três quartos, de cima, de baixo, só o esqueleto, só o sistema muscular, e por dentro. Sim! Por dentro, como imaginas se fosses engolido por esse animal?

Desenha e pinta de variadíssimas maneiras: preto e branco, realista, grafite, carvão, aguarela, cartoon, lápis de cera, colagem...

Capta o animal em acção, a atacar, a comer, a beber, a brincar, a amamentar e a fazer tudo o que ele faz. Depois a fazer o que ele não faz, a tomar duche, a cozinhar, sentado na sanita a lêr o jornal, escrever no computador, tu percebes!

Enquanto vais fazendo os desenhos, anota também as tuas ideias para desenhos futuros de estudo desse animal. Anota também curiosidades, dificulades, tudo o que possas querer lembrar-te mais tarde, ou que apenas te apeteça escrever.

Isto tudo já te dá para mais de um mês no teu Diário Gráfico. Em termos que aprendizagem é um excelente exercício também, para aumentar fortemente o teu vocabulário gráfico. Para a criativiade é do melhor que há, porque ideias geram mais ideias, e esgotar este animal pode levar anos!

No desenho não importa muito o resultado final, mas sim o processo, deixa-te envolver pelos momentos em que desenhas sem pensar no resultado final :)

Sem comentários:

Enviar um comentário